sexta-feira , abril 10 2020
Início / Tag Archives: Barão de Cocais

Tag Archives: Barão de Cocais

Barão de Cocais: Justiça determina que Vale retire animais deixados em áreas de risco

Barão de Cocais: Justiça determina que Vale retire animais deixados em áreas de risco

A Justiça determinou nesta quinta-feira (14) que a Vale retire, em um prazo de 24 horas, os animais deixados nas áreas de risco em Barão de Cocais, na Região Central de Minas Gerais.

Além das 24 horas para iniciar os trabalhos, a Vale vai ter 120 horas para finalizar o plano. Entre as medidas, a empresa vai realizar ações de localização, resgate e cuidados dos animais. Em caso de descumprimento, foi determinada uma multa diária de R$ 200 mil.

Há uma semana, cerca de 500 pessoas tiveram que sair às pressas de casa por causa do risco de rompimento da barragem Sul Superior, da Mina Gongo Soco. Os moradores estão hospedados em hotéis ou em casas de parentes.

Itatiaiuçu

Em Itatiaiuçu, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde o risco de rompimento é de uma barragem da Arcelormittal, cerca de 170 pessoas também foram retiradas de casa e estão em hotéis ou casas de parentes.

A mineradora informou que equipes técnicas continuam avaliando as condições da barragem e que ainda não há prazo para que a vida desses moradores volte ao normal.

Governo cancela autorização provisória para operação de barragem da maior mina de MG

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD) cancelou a autorização provisória para operar da barragem de Laranjeiras. O cancelamento foi devido à ação civil pública movida pelo Ministério Público do Estado de Minas Gerais.

Essa barragem fica em Barão de Cocais, na Região Central, e faz parte da Mina de Brucutu, em São Gonçalo do Rio Abaixo, cidade vizinha. Esta mina é a maior da Vale no estado.

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira (6), a Vale informou também que foi determinada pela SEMAD a suspensão da Mina de Jangada. A Vale disse que “adotará as medidas administrativas e judiciais cabíveis quanto à referida decisão”.

Na segunda-feira (4), a Justiça havia determinado que a mineradora parasse de lançar rejeitos ou praticasse qualquer atividade potencialmente capaz de aumentar os riscos em oito barragens em Minas Gerais.

A decisão da 22ª Vara Cível da Comarca de Belo Horizonte foi baseada em uma ação civil pública do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). O processo segue em segredo de Justiça.

Além da barragem Laranjeiras, a decisão também abrange:

  • Menezes II, em Brumadinho;
  • Capitão do Mato, Dique B e Taquaras, em Nova Lima, na Região Metropolitana;
  • Forquilha I, Forquilha II e Forquilha III, em Ouro Preto, na Região Central.

FONTE: G1