segunda-feira , fevereiro 17 2020
Início / Clipping / Marcas como Timberland, Vans e Kipling avaliam suspender compra de couro brasileiro

Marcas como Timberland, Vans e Kipling avaliam suspender compra de couro brasileiro

Mais de 18 marcas internacionais, como Timberland, Vans e Kipling, avaliam suspender a compra de couro brasileiro devido às notícias relacionando as queimadas na região amazônica com o agronegócio no país, segundo informações do CICB – Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil.

“Recentemente, recebemos com muita preocupação o comunicado de suspensão de novas compras de couro a partir do Brasil de alguns dos principais importadores mundiais. Este cancelamento foi justificado em funções de notícias relacionando queimadas na região amazônica ao agronegócio do país”, disse o presidente da CICB, José Fernando Bello, em documento enviado ao ministério da Agricultura, ainda no dia 27 de agosto.

Entre as marcas que já teriam solicitado a suspensão de compra, segundo a carta enviada ao governo pelo CICB, estão timberland, Dickies, Kipling, Vans, Kodiak, Terra, Walls, Workrite, Eagle Creek, Eastpack, JansSport, The North Face, Napapijiri, Bulwark, Altra, Icebreaker, Smartwoll e Horace Small.

No conjunto, as marcas integram o portfólio da VF Corporation, grupo com sede nos Estados Unidos que atua há mais de cem anos no setor de vestuário e tem forte presença no mercado de calçados.

Para ler a matéria da Folha de São Paulo na íntegra, clique aqui.

Sobre Sindsema

Veja também

Sisema conclui termo para descaracterização de barragens a montante

Fonte: O Tempo O Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) concluiu um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *